Prótese Dentária(DentMundi)

Image

As próteses odontológicas são destinadas a restabelecer a função mastigatória e estética dos dentes perdidos. Uma boa mastigação dos alimentos é fundamental à saúde, pois propicia uma melhor digestão, aumentando a absorção de nutrientes.

Em nossa clínica, todas as próteses são feitas sob medida e analisadas respeitando o formato do rosto, sorriso e linhas anatômicas, para que se assemelhe o máximo possível aos antigos dentes naturais do paciente, evitando assim um aspecto ARTIFICIAL. Há também, a possibilidade de escolha do tamanho, cor, formato dos dentes nacionais ou importados, resultando em um sorriso mais harmonioso.

Se você nunca usou próteses, uma conversa franca e esclarecedora pode ser realizada na sua consulta de avaliação. Assim, você fica mais tranquilo e obtém as informações necessárias para definir qual a melhor peça protética para o seu caso!

Após a cicatrização dos implantes dentários, faz-se uma moldagem (cópia) da boca do paciente para que possam ser confeccionadas as próteses.

Existem alguns tipos como:

TOTAL (Dentadura):
Image

são substitutas para os dentes ausentes que podem ser retiradas e recolocadas na boca sem dificuldades para o paciente.

A prótese total é colocada em sua boca depois que os todos os dentes remanescentes foram extraídos e os tecidos cicatrizarem.

A cicatrização pode demorar vários meses durante os quais você poderá usar uma prótese PROVISÓRIA que é instalada imediatamente após a extração dos dentes.

Sua confecção se inicia através da moldagem das arcadas dentárias. Tais modelos são montados em laboratório (protético) para a montagem dos dentes em resina acrílica especial de maneira que respeite a oclusão (mordida) de cada paciente.

Algumas consultas são necessárias para determinação da altura, tamanho e formato dos dentes. O tempo de vida útil de uma prótese total não é eterna! O tempo adequado para substituição de uma dentadura é de 5 a 7 anos (no máximo). Após esse período, além da quantidade de bactéria que passa a residir na prótese e a pressão contra a mucosa (gengiva e osso alveolar), pode existir perda óssea severa e até câncer bucal.

Parcial Removível (com grampos):
Image

Mais conhecida como “ponte” esta prótese é indicada quando o paciente perdeu um ou mais dentes na arcada. Há grampos metálicos que apoiam no próprio dente a fim de obter melhor fixação e estabilidade da peça. É uma alternativa econômica para o paciente mas, em alguns casos, dependendo do sorriso, pode não ficar estético por aparecer a armação metálica.

Próteses Parciais Removíveis Flexíveis:
Image

A novidade do momento no mercado, sendo uma alternativa para pacientes que necessitam de prótese dentária e buscam conforto e estética.

As próteses flexíveis são confeccionadas com material termo-injetado semirrígido, diferentes das peças de resina comum ou metálicas.

Sem grampos metálicos, as próteses flexíveis possuem brilho, translucidez e coloração que se confundem com a gengiva do paciente, e são praticamente imperceptíveis, além de terem uma espessura mais fina.

Prótese Fixa:
Image

Coroa Unitária: Coroas são peças que restauram totalmente um dente à sua forma e cor natural e são coladas em dentes naturais que tem um comprometimento mais severo. Elas protegem e reforçam dentes extensamente danificados ou com tratamentos de canal realizados, que não podem ser restaurados por resinas ou amálgama. Tem como uma das funções reforçar o dente para devolvê-lo às suas funções de mastigação.

É possível confeccionar coroas em materiais como metais (ouro e outras ligas), ou em resinas (plástico), em metalocerâmica (feitas com uma estrutura de metal revestida por porcelana) ou em cerâmica pura (porcelanas - estéticas)

As coroas são muito resistentes e duráveis, mas pode haver necessidade de trocá-las em intervalos de alguns anos. Essa avaliação será feita pelo dentista na sua consulta periódica de check-up.

Coroas dentárias: funcionam como uma “capa” para ser fixada em dente natural que tenha sofrido algum trauma (quebra). Esse tipo de procedimento recupera rapidamente a aparência natural do dente e devolve as funções mastigatórias e estéticas originais. Se não houver dente suficiente para a fixação da coroa dentária, ela deve ser suportada por pinos de titânio, que funcionam como raiz (implantes dentários).

Ponte dentária: quando há alguma lacuna na arcada, a ponte dentária é uma boa solução para ocupar o espaço. Para a implantação da ponte dentária são utilizados dentes vizinhos que são preparados para que as pontes se encaixem. Os dentes naturais são desgastados até ficarem no formato ideal para receberem a ponte.

Instalação de núcleo no interior da raiz: Dependendo da destruição da coroa, e se houve tratamento de canal do dente, por vezes é necessária à instalação de um núcleo no interior da raiz. Essa instalação é indolor e tem como finalidade reforçar a raiz e recuperar a estrutura dentária para que ela possa suportar uma nova coroa..